• Cristina Cruz

Venda à ordem

#vendaaordem #notafiscal #vendaaumeentregaaterceiros

DA VENDA À ORDEM

(Convênio S/N.º/70)

No caso de venda à ordem, por ocasião da entrega total ou parcial da mercadoria a terceiros, deve ser emitida Nota Fiscal:

I - pelo adquirente originário: ( COMPRADOR )com destaque do ICMS, quando devido, em nome do destinatário da mercadoria, consignando-se, além dos requisitos exigidos, nome, endereço e números de inscrição, federal e estadual, do estabelecimento que promover a remessa da mercadoria;

II - pelo vendedor remetente: 1 NOTA

a) em nome do destinatário ( recebedor da mercadoria, para acompanhar o transporte da mercadoria, sem destaque do valor do ICMS, na qual, além dos requisitos exigidos, constarão:

1. como natureza da operação: "Remessa por Conta e Ordem de Terceiros",

CFOP : 5923 OU 6923


Nessa Nota Fiscal , é facultada a indicação do valor da operação, devendo, caso não seja mencionado, ser aposta no campo Informações Complementares a expressão: Dispensa da indicação do valor da operação autorizada nos termos do art. 29 do Anexo XIII da Parte II da Resolução SEFAZ n.º 720

2.NO CAMPO: INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES:

1)referência à Nota Fiscal do COMPRADOR;

2). nome, endereço e números de inscrição, federal e estadual, do seu emitente;

2 NOTA do remetente :

b) em nome do COMPRADOR, com destaque do ICMS, se a operação ou produto forem Tributados, na qual, além dos requisitos exigidos, constarão:

1. como natureza da operação: "Remessa Simbólica - Venda à Ordem";

2. referência à Nota Fiscal De Remessa (1 nota do remetente)

CFOP, SE FOR UMA VENDA : 5118 OU 6118

SE FOR doações, transferencias ,etc… o CFOP MUDA.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Empresa Simples e Simples Pura

#legalização #empresasimples #empresasimplespura #tipossocietarios Qual a diferença entre empresa simples e a empresa simples pura? Bem, até o advento do Novo Código Civil, lei n. 10.406/2002 as empre

Como calculo o simples nacional no anexo II

#sn #simplesnacionalanexoII #simplesnacional #anexoII E então, vocês sabem como calcular o imposto do simples nacional no anexo II? Primeiro temos que ter a RBT12(receita bruta acumulada nos últimos 1

© 2023 por Serviços Financeiros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • s-facebook
  • Twitter Metallic
  • s-linkedin